Exportações de Bens Superam os 70 mil milhões de euros

 
Exportações de Bens Superam os 70 mil milhões de euros

As exportações de bens, em valores acumulados, de janeiro a novembro de 2022, ascenderam a 72,564 mil milhões de euros. O principal destino das exportações portuguesas foi a Espanha, com uma quota de 26 por cento do total, seguindo-se França, Alemanha, os EUA e o Reino Unido.

De acordo com o INE (Instituto Nacional de Estatística), as exportações cresceram 24,5 por cento em comparação com os primeiros onze meses de 2021. Isto representa um crescimento de 46,6 por cento em comparação com o mesmo período de 2020.

De janeiro a novembro de 2022, as exportações para a União Europeia aumentaram 22,8 por cento, representando um peso de 70,5 por cento no total das exportações. Entretanto, as exportações extra-UE aumentaram 28,7 por cento, representando um peso de 29,5 por cento do total.

De acordo com informações do INE, as exportações cresceram 24,5 por cento em comparação com os primeiros onze meses de 2021. Isto representa um crescimento de 46,6 por cento em comparação com o mesmo período de 2020.

Espanha deu o maior contributo positivo para o crescimento global das exportações, com um aumento de 3.394 milhões de euros (+21,9 por cento), seguida dos EUA (1.496 milhões de euros; +45,9 por cento), Alemanha (1.487 milhões de euros; +23 por cento) e França (1.357 milhões de euros; +17,7 por cento).

Por grupos de produtos, as Máquinas e Aparelhos constituíram a principal exportação, com uma quota de 13,8 por cento do total, seguidas dos Veículos e Outro Equipamento de Transporte, que representam 12,4 por cento.

Durante este período, foram observados aumentos notáveis nas exportações de Combustíveis Minerais (81,8 por cento), Máquinas e Aparelhos (19,5 por cento), Produtos Químicos (36,8 por cento) e Veículos e Outro Equipamento de Transporte (15,9 por cento).

As importações totalizaram 100,471 mil milhões de euros, com uma variação homóloga de 33,4 por cento.

Fonte: AICEP

Contacte-nos
Português